domingo, 26 de julho de 2020

O que é um Quadro Kanban?

O que é um Quadro Kanban?

Um quadro Kanban é o principal instrumento de representação para atualizar seus negócios. É utilizado por qualquer grupo que aplica esse método para controle visual de seu trabalho e aprimora a transmissão de produtos e gerenciamento, tanto quanto à consistência, qualidade e desempenho no mercado.
Um quadro Kanban pode ser físico - é assim que a maioria dos grupos começa a usá-lo - ou eletrônico. O quadro consiste em uma ou mais raias e várias colunas, que são usadas para gerenciar, e mostram o processo do fluxo de trabalho (O valor corrente). Esse quadro se comunica com uma "estrutura virtual Kanban" usada para demonstrar o procedimento e acompanhar o trabalho de aprendizado que está sendo finalizado pelo seu grupo.

Comece com um quadro físico branco ou até uma grande janela de vidro no escritório. O tamanho do Kanban é uma variante chave para visibilidade.

Muitas equipes mudam para um quadro eletrônico para melhor apoiar grupos distribuídos, além de produzir métricas automatizadas mais eficazes para gerar relatórios.

Raias e colunas em um quadro Kanban

Você pode começar com um quadro principal de três seções – A Fazer, Em Andamento e Concluídas - preenchido com cartões que falam sobre vários tipos de trabalho. De qualquer forma, passando pelo ditado Kanban de "Comece com o que você tem", a maioria dos grupos começa exibindo seu processo atual, que em geral será mais complicado do que isso.

Os segmentos do quadro vistos em 3 colunas:
1.“A Fazero”: Esta seção mostra todas as tarefas que ainda precisam ser concluídas. Está posicionada no início do quadro. Também conhecida como "Pronto".
2.“Em Andamento”: esta coluna inclui as tarefas que estão atualmente em execução pela equipe. Você pode incluir várias colunas nesta seção. Também conhecida como “Progresso”.
3.“Concluído”: mostra todas as tarefas concluídas pela a equipe. Baseado no fluxo de trabalho, você pode dividi-lo em partes para que seções específicas sejam unidas.

Além disso, você pode ter uma "área ou caixa de coleta" diferente, chamada de Lista de Requisitos, onde os cartões são criados e armazenados pela primeira vez. Essencialmente, no extremo oposto, você pode ter uma caixa de "Arquivo" para manter os cartões que foram Concluídos e atualmente estão "fechados".

Um quadro Kanban pode ter um ou vários caminhos, também conhecidos como raias, que podem ser utilizados para isolar diferentes tipos de trabalho, que podem ter fluxos de trabalho diversos. 
Os caminhos podem ser caracterizados por seguir e supervisionar tipos distintos de itens de trabalho, diversas Classes de Serviço, itens, aplicações ou fluxos de negócios com os quais seu grupo trabalha, vários clientes ou unidades especializadas que dão suporte e assim por diante. 
A associação do seu quadro Kanban tem inúmeras considerações.
O Trabalho em Progresso (Work In Progress) limita seu quadro Kanban

Conforme esclarecido aqui, os limites do Trabalho em Progresso são críticos para a implementação bem-sucedida do Kanban. No início, pode ser difícil escolher quais devem ser seus pontos de ruptura do progresso. Você pode começar sem limites.
No entanto, quando você tiver informações adequadas, poderá caracterizar os limites do progresso para cada fase do processo de trabalho. Normalmente, muitos grupos começam com um limite de 1 a 1,5 vezes a quantidade de pessoas trabalhando em um estágio.
Além disso, você deve também, da mesma forma, caracterizar como suportar o máximo possível. Você pode optar por não ultrapassar os limites do trabalho em progresso ou, em hipótese favorável, pode superar em circunstâncias incomuns; no entanto, talvez capture a explicação por que você está optando por fazê-lo.

Trabalhando com o Quadro Kanban

O trabalho é realizado movendo os cartões e conduzindo-os pelas diferentes fases do processo de trabalho caracterizado no quadro.
Os cartões são desanexados da Lista de Requisitos para o quadro Kanban, de acordo com a capacidade viável de se trabalhar neles.
Dependendo do procedimento, cada cartão passa por vários estágios (seções) - até que todo o processo de trabalho seja finalizado e o trabalho concluído. O Kanban é totalmente adaptável - você pode, sem um mapa extensivo, pôr praticamente qualquer procedimento em um quadro e usá-lo para lidar com o trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário