quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Mais da metade do tráfego de internet composta por bots não-humanos

Mais da metade de todo o tráfego na internet é criado por bots não-humanos, que moldam a nossa experiência web, influenciando o modo como aprendemos, comércio, trabalho, relaxar e interagir uns com os outros on-line, a pesquisa encontrou.
Este ano, bots de roaming a internet representou 56% do total do tráfego web, de acordo com a empresa de segurança web Incapsula.
Esta é realmente uma diminuição a partir de 2013, quando bots representado 61,5 %  do total do tráfego internet.
A maioria destes bots são 'boas' bots. Estes incluem 'crawlers' que as páginas de índice da web para os motores de busca, plataformas de redes sociais, feeds RSS e serviços de tradução.
Essencialmente, todas as interações legítimos entre um site e um serviço de terceiros dependem de boas bots, de uma forma ou de outra.
No entanto, há também um número crescente de bots 'ruins', que representam uma ameaça para websites. Em particular, Incapsula afirma que os chamados bots 'imitador' - intrusos malévolos engenharia para contornar as medidas de segurança comuns - subiram 15%  nos últimos dois anos.
"Hoje, mais de 90% de todos os ciberataques que Limitamos são executados por bots e, como estamos vendo agora com a Sony, o pior cenário realmente depende de intenções do atacante e da magnitude do alvo", disse Igal Zeifman , evangelista produto e pesquisador da Incapsula.

"Bots pode spam, scam, espião, executar ataques de negação de serviço e cortar - eles podem fazer tudo o que um hacker humano 'ensina' que eles façam, apenas em um muito e em maior escala - e isso atrasa indiscutivelmente o crescimento da Internet, tanto como um meio e como um lugar de negócios. "
A diminuição global do tráfego de bot é o resultado de uma diminuição constante do bom atividade bot, especificamente os bots que estão associados com serviços de RSS. Incapsula sugere que este poderia ser um relacionado com o desligamento do serviço RSS do Google, Google Reader, em julho de 2013.
No entanto, com mais de metade do tráfego web atribuíveis a agentes não-humanos, a sustentabilidade do ecossistema internet - nomeadamente em matéria de publicidade na web - é posta em causa.



Zeifman disse que os modelos de publicidade online, que são projetados para níveis mais elevados de controle e eficiência, são diminuídas pela existência de bots clique com fraudes que prejudicam a rentabilidade dos anunciantes.
"Eu acho que hoje em dia a maioria dos anunciantes aceitaram o fato de que alguns dos seus orçamentos on-line serão perdidos em bots. No entanto, eu também acredito que, como essas perdas continuam a crescer, a necessidade de soluções de filtragem bot vai se tornar cada vez mais claro, ", disse.
"Isso é o que estamos vendo agora no mercado, com mais e mais clientes tornando-se 'bot consciente' e ativamente à procura de soluções de segurança que podem ajudar a lidar com a ameaça do tráfego não-humano malicioso."

Fonte : http://www.telegraph.co.uk/technology/internet/11299762/Over-half-of-internet-traffic-comprised-of-non-human-bots.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário