quinta-feira, 30 de outubro de 2014

86% dos Hackers não creem que sofrerão consequências

Thycotic, uma provedora de soluções inteligentes e eficazes de gerenciamento de credenciais privilegidas para organizações globais, anunciou os resultados de uma pesquisa com 127 hackers durante a Black Hat USA 2014, uma das maiores conferências de segurança do mundo, e cuja edição brasileira acontece dias 25 e 26 de novembro em São Paulo. A pesquisa, que foi conduzida presencialmente na conferência em Las Vegas, mostrou que uma grande maioria (86%) dos hackers estão confiantes de que nunca irão enfrentar quaisquer repercussões sobre suas atividades. Ao mesmo tempo, 88% dos entrevistados também acreditam que a sua própria informação pessoal esteja sob risco de crimes online.
O relatório executivo em português está disponível em http://leverage.inf.br/blackhat.
Perguntados sobre que tipos de empregados estão mais sujeitos a serem selecionados como alvo de forma a obter uma credencial de login de uma empresa, 40% dos hackers indicaram que iriam iniciar com um prestador de serviços terceirizado. Isto é especialmente relevante, dado que Edward Snowden era um prestador de serviços, e usou seu acesso privilegiado para roubar documentos confidenciais da NSA. Além disso, 30% dos entrevistados iriam primeiro atacar administradores de TI, destacando a importância de controlar o acesso à senhas privilegiadas.
Outros destaques da pesquisa incluem:
• Mais da metade (51%) dos hackers dizem que suas ações são motivadas por diversão ou pela emoção, e 18% são motivados pelo ganho financeiro.
• Enquanto isto, 29% dizem que são motivados pela sua consciência social ou bussola moral.
• 99% dos entrevistados acreditam que técnicas simples de hacking como emails de phishing ainda são eficazes.
• 53% dos hackers não acreditam que os usuários estejam aprendendo a evitar estas táticas.


“As motivações e raciocínio interno da comunidade de hackers de hoje sempre foram um pouco misteriosas, mas os danos que eles podem causar a uma empresa são dolorosamente claros,” diz Jonathan Cogley, fundador e CEO da Thycotic. “Entender por quê hackers fazem o que fazem é o primeiro passo para os times de segurança de TI tomar as medidas para melhor controlar e monitorar o acesso aos segredos corporativos. As organizações precisam fazer um melhor trabalho de proteger as senhas e credenciais privilegiadas de login associadas a prestadores de serviço e administradores de TI uma vez que estes empregados são um grande alvo para atividades de cibercriminosos.”
Sobre a Thycotic
A Thycotic desenvolve soluções intuitivas e confiáveis que dão às organizações o poder para remover a complexidade associada com o devido controle e monitoramento de senhas privilegiadas. Uma companhia no ranking Inc 5000 das empresas que mais crescem, mais de 100.000 profissionais de TI de todo o mundo confiam na Thycotic – incluindo membros do Fortune 500, corporações, agências governamentais, empresas de tecnologia, universidades e entidades não governamentais. Para saber mais, acesse www.thycotic.com.
Para informações adicionais, contate o parceiro no Brasil da Thycotic:
Leverage Informática - info@leverage.inf.br - (51) 2139-5997 - http://leverage.inf.br

Fonte de Pesquisa : http://www.tibahia.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário