quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Pesquisa mostra panorama do COBOL no Brasil

Uma pesquisa da Micro Focus - líder mundial na oferta de soluções para teste, modernização e gerenciamento de aplicações -, realizada com mais 370 profissionais da área de Tecnologia da Informação do Brasil, identificou como o Cobol está sendo utilizado pelas corporações e os investimentos direcionados para o desenvolvimento de aplicativos. Segundo o estudo, 52% dos entrevistados usam o Cobol como principal linguagem e 44% a consideram importante para sua organização.
De acordo com a pesquisa, mais da metade dos desenvolvedores trabalham com o Cobol e outras linguagens e 49% escrevem novos aplicativos apenas em Cobol. Além disso, 43% das empresas contam com uma equipe própria de desenvolvedores nessa linguagem. No entanto, a questão da produtividade da equipe ainda é uma das preocupações dos entrevistados, que consideram que o desenvolvimento poderia ser mais produtivo.
Em relação aos números de aplicativos Cobol utilizados nas empresas, 39% dos participantes afirmaram que preveem um aumento, enquanto 61% consideram que o número de aplicativos permanecerá o mesmo e que haverá uma diminuição. Para 64,8% dos entrevistados há a intenção de escrever novos aplicativos em Cobol nos próximos anos.
Quando questionados sobre as principais mudanças que querem realizar nos aplicativos Cobol, 50% disseram que irão investir na implantação de serviços web; seguido por modernização da interface do usuário; substituição do acesso a arquivos para banco de dados; implantação em .NET, entre outros.
“O estudo aponta a relação das empresas com a linguagem Cobol, que ainda permanece relevante e presente para a maioria. Hoje, o Cobol está presente em 85% de todas as transações cotidianas de negócios e em 65% dos códigos ativos”, afirma Marco Leone, Country Manager da Micro Focus Brasil. “Nossa análise mostra que quando os investimentos em aplicações Cobol são bem definidos, as empresas ganham significativamente em termos de tempo e custo. Por isso, temos focado nossos esforços em oferecer ferramentas que atendam aos anseios dos profissionais de TI”, reforça.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário