domingo, 7 de abril de 2013

O que é um Disco híbrido ?


Discos híbridos são uma mistura de um HD com um SSD, combinando os pratos magnéticos e ampla capacidade dos HDs com um SSD veloz mas de pequena capacidade em uma única unidade.

Estes discos monitoram os dados que são lidos do HD, e armazenam uma cópia dos arquivos acessados mais frequentemente no SSD. Na próxima vez em que eles forem necessários, serão lidos do SSD, com um desempenho muito maior

Algumas das vantagens dos discos híbridos incluem o baixo custo, alta capacidade e facilidade de gerenciamento. Eles costumam custar um pouco mais que um HD tradicional, mas bem menos do que uma unidade de estado sólido. E como o volume de cache é oculto do sistema operacional e gerenciado automaticamente, os usuários não precisam ficar escolhendo o que vai no SSD e o que vai no HD. O tempo de boot é reduzido, e a capacidade é equivalente à de um HD tradicional.

Mas os discos híbridos deixam a desejar com dados novos. Ao gravar arquivos, ou acessar aqueles usados com pouca frequência, o desempenho é equivalente ao de um HD comum, e eles precisam de um período de “aclimatação” até aprenderem quais dados colocar no cache. E devido ao fato de que dependem de software para funcionar, podem ser um pouco mais difíceis de configurar.

Para usuários que não querem ter de lidar com múltiplos discos ou não que trabalham sempre com os mesmos arquivos, um disco híbrido pode ser uma boa opção para melhorar o desempenho do sistema, sem abrir mão de espaço em disco.

Como fazer um disco híbrido
Algumas pessoas criam suas próprias soluções híbridas combinando um HD tradicional e um SSD com software de cache especializado. SSDs para cache vem com software proprietário incluso, embora você também possa usar a tecnologia Intel Smart Response se quiser usar um SSD que não foi projetado especificamente para cache.

Funcionalmente o arranjo opera da mesma forma que um disco híbrido, mas um SSD de cache geralmente tem capacidade maior do que a pouca quantidade de memória flash integrada à maioria dos discos híbridos. O que significa que uma parte maior de seus dados poderá ser armazenada no cache e se beneficiar do aumento no desempenho. Por outro lado, você tem que comprar tanto um HD quanto um SSD, o que pode sair caro. Você também precisa configurar o arranjo manualmente, ao passo que um disco híbrido é uma solução “plug and play”, muito mais simples.

Fonte de Pesquisa : PCWorld EUA

Nenhum comentário:

Postar um comentário