sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

UML - Unified Modeling Language - Casos de Uso


UML - Unified Modeling Language  
Casos de Uso 

Casos de Uso (Pré-requisitos)
Definição
Como dito no artigo anterior, os casos de uso especificam o comportamento do sistema ou parte(s) dele e descrevem a funcionalidade do sistema desempenhada pelos atores. Você pode imaginar um caso de uso como um conjunto de
cenários, onde cada cenário é uma seqüência de passos a qual descreve uma interação entre um usuário e o sistema.
Nos nomes dos casos de usos devemos sempre usar verbos, pois assim facilitará no entendimento dos mesmos. Devemos possuir uma lista com todos os nomes dos casos de usos para facilitar na identificação dos mesmos. Preencher também todos os pré-requisitos de um caso de uso é de extrema importância.
Os Pré-requisitos Imagine um cenário para realizar alguma tarefa. Agora imagine qual é o conjunto de informações necessárias para realizar tal tarefa. Pois bem, a isso chamamos de Pré-requisitos, ou os parâmetros de entrada de um cenário.
Exemplo: Novamente a abertura de uma conta em um determinado banco. Para essa operação, você necessita realizar vários passos, que necessitam de vários dados de entrada. Imagine os seguintes passos:
1. O Cliente solicita a abertura da conta;
2. O Gerente aprova a abertura;
3. O Gerente abre a conta;
4. O Cliente realiza o primeiro depósito;
5. O Cliente ganha o seu cartão magnético.
Para esses passos o que seria necessário existir, em se falando de informações? Vamos relacionar:
Do passo 1 até o passo 3:
a) Nome do Cliente;
b) RG do Cliente;
c) CIC do Cliente;
d) Demais dados do Cliente;
e) Entre outras informações.
Percebeu que para um cenário executar as operações, ele necessita de algumas informações iniciais?
Certo. E destas informações, quais são realmente necessárias para a abertura da conta?
Certamente o Nome e Documentos do Cliente, pois os demais dados tais como Endereço, etc., podem ser fornecidos depois, claro dependendo das exigências do banco.
Dependendo da ferramenta em que você estiver trabalhando para modelar os casos de uso, essas informações serão inseridas em pontos diferentes do modelo. Mas temos que ter em mente que essas são informações importantes, e que sem elas não ocorrem os processos do cenário.
Agora que você já tem uma pequena noção de Pré-requisitos das Use Cases na UML, vamos abordar os


Pós-Requisitos
das Use Cases, que nada mais são do que as condições finais, ou resultados na execução de uma ou mais
funcionalidades. Casos de Uso (Pós-requisitos)
Definição
Como dito no artigo anterior, os casos de uso especificam o comportamento do sistema ou parte(s) dele, e descrevem a funcionalidade do sistema desempenhada pelos atores. Você pode imaginar um caso de uso como um conjunto de cenários, onde cada cenário é uma seqüência de passos a qual descreve uma interação entre um usuário e o sistema.
Nos nomes dos casos de usos devemos sempre usar verbos, pois assim facilitará no entendimento dos mesmos. Devemos possuir uma lista com todos os nomes dos casos de usos para facilitar na identificação dos mesmos. Preencher também todos os pós-requisitos de um caso de uso é de extrema importância.
Os Pós-requisitos 
Semelhante ao artigo anterior, imagine um cenário para realizar alguma tarefa. Agora imagine qual é o conjunto de informações resultantes de tal tarefa. Pois bem, a isso chamamos de Pós-requisitos, ou os parâmetros de saída de um cenário.
UML - Unified Modeling Language
Exemplo: Novamente a abertura de uma conta em um determinado banco. Essa operação realiza vários passos, que consequentemente resultam em vários dados de saída. Imagine os seguintes passos:
1. O Cliente solicita a abertura da conta;
2. O Gerente aprova a abertura;
3. O Gerente abre a conta;
4. O Cliente realiza o primeiro depósito;
5. O Cliente ganha o seu cartão magnético.
Esses passos poderiam retornar algumas informações. Por exemplo: do passo 3 ao passo 4, seria necessário saber qual é o número da conta, para que o primeiro depósito possa ser realizado.
Percebeu que um cenário, ao executar as operações, ele retorna algumas informações?
Certo. E destas informações, algumas são realmente necessárias para que outros cenários possam realizar suas operações. Certamente o número da conta é fundamental para que o banco valide o acesso do cartão à um caixa eletrônico, por exemplo.
Dependendo da ferramenta em que você estiver trabalhando para modelar os casos de uso, essas informações podem ser até definidas como não facultativas no processo do Cenário.
Agora que você já tem uma pequena noção de Pós-requisitos das Use Cases na UML, no próximo Artigo vamos abordar os Atores, que nada mais são do que os Usuários ou outros Sistemas, que usam ou manipulam alguma funcionalidade do Sistema.

Fonte de Pesquisa
http://www.linhadecodigo.com.br/artigos.asp?id_ac=802
UML - Unified Modeling Language

Nenhum comentário:

Postar um comentário