sábado, 10 de dezembro de 2016

Furukawa lança no brasil o cabo GigaLan MAX Green para redes LAN composto LSZH (Low Smoke Zero Halogen) à base de cana-de-açúcar, extraído do etanol.

Furukawa está lançando no mercado brasileiro mais um produto inovador: o cabo GigaLan MAX Green. Trata-se do primeiro cabo para redes LAN do mundo a utilizar polietileno verde no revestimento - composto LSZH (Low Smoke Zero Halogen) à base de cana-de-açúcar, extraído do etanol.
“Além de contribuir para a redução do efeito estufa, o cabo GigaLan MAX Green é 100% reciclável”, destaca Leonel Rodrigues, gerente de produto da Furukawa. “O cabo também oferece maior segurança, uma vez que possui capa externa em material retardante a chama e livre de halogênio”, acrescenta.
O novo cabo de cobre GigaLan MAX Green Categoria 6 da Furukawa oferece maior facilidade de instalação e menor ocupação na infraestrutura de rede das empresas. Isso porque não possui o elemento central crossweb (separador tipo cruz),  o que permite reduzir o seu diâmetro, de modo a ocupar menos espaço (até 25%) nas calhas ou dutos, além de proporcionar mais flexibilidade à instalação. Outra vantagem do GigaLan MAX Green é a maior performance elétrica - acima do especificado pelas normas brasileiras e internacionais - proporcionada pela nova tecnologia desenvolvida no processo de fabricação.
O cabo GigaLan MAX Green está de acordo com as diretivas européias RoHS (Restriction of Hazardous Substances) e pode ser utilizado em vários padrões de redes locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário